17 dezembro, 2011

Merenda Escolar!

Enfim, chegou!!!

Exatamente no último dia Letivo Normal de 2011, chega a Merenda Escolar que depois dos meses de outubro e novembro sem qualquer alimento nas prateleiras das escolas municipais do Setor Cascudo, chega, em 16 de Dezembro de 2011 um pouco de Merenda para os alunos. O problema é que esse foi o último dia normal de aula nas escolas da rede municipal, restando apenas uma semana para aulas de recuperação, ou seja, quem obteve aprovação direta entraria de férias já no último dia 16.
O que se fará com todo o alimento chegado às Escolas?

14 dezembro, 2011

ELEIÇÕES DE 2012

Postamos uma ENQUETE neste canto de página para conhecermos a opinião do eleitorado lima-campense em relação a sua escolha por vereadores que realmente possam representar o Distrito no Legislativo icoense a partir de 2013.

Nomes novos estão surgindo com propostas inovadoras e que realmente poderão fazer diferentes dos que hoje nos representam. Na verdade o distrito está sem um representante legal já que a situação entre Francisco Evandro e José Meudo não se define por uma legislatura inteira.

Não há mais como acreditar em políticos ou em renovação em Icó, as últimas eleições muicipais elegeram 60% de candidatos inéditos aos respectivos pleitos e a casa anda desarrumada mais ainda.

Porém, é na própria sociedade em quem devemos confiar os rumos icoenses. Nomes novos podem não significar melhorias na política municipal, mas depende dos nomes que se apresentam para esta mudança. Cabe, portanto, à sociedade fazer a escolha certa.

Queremos pessoas novas sim, porém competentes e com sede de mudança. Que visem a melhoria dos problemas sociais que Icó enfrenta atualmente. A maioria do eleitorado optou por uma renovação administrativa no Palácio da Alforria. Elegeu jovens para dirigir o município, mas certamente perderam os trilhos que o território seguia.

Nossa intensão é desvinculada de qualquer infâmia que possa trazer constrangimento aos homens políticos de Icó, mas que estes revejam suas práticas enquanto homens que representam o povo em suas pobres comunidades.
Há, atualmente, ocupantes de cargos políticos no lesgilativo municipal, quer queira ou não "representam" uma classe, e que depois certamente voltarão a exercer funções anteriores profissionalmente e terão que lembrar que tiveram a oportunidade de realizar um benefício por essa classe a qual representa e nada fizeram.

Portanto, deixamos de forma singela uma opção para que você, eleitor, que assim como eu (José Santos) deseja muito que o município cresça em todos os aspectos sociais, possa fazer sua escolha.
Quem sabe, sua opinião não seja positiva! VOTE!

10 dezembro, 2011

Férias chegando!!!


Turma do 9º Ano da A.M. Antônio Ferreira Lima (Icó-CE) promoverá neste dia 11/12 um Pic-Nic a Orós convidando Professores e amigos.

07 dezembro, 2011

Merenda Escolar. Alguém sabe onde anda !?


Nos meses de outubro e novembro e já há quase 10 dias de dezembro nada de Merenda nas escolas municipais no distrito de Lima Campos. Crianças aguardando por mais de dois meses receber a merenda em suas escolas e nada. A prefeitura está há mais de dois meses sem fazer o repasse da mesma para as unidades de ensino fundamental do município. Em algumas comunidades rurais de Icó, acaba sendo a única alimentação que alguns alunos têm por dia.

O Rateio ou "Rato" ?

Ao que se possa constar em memória, a Prefeitura Municipal de Icó através da Secretaria Municipal de Educação está há 8 ANOS sem dividir (o que é de direito) com os profissionais da Educação do município uma complementação fiscal repassada pelo FUNDEB que corresponde ao Coeficiente de 18% do ICMS municipal calculado pelo IQE (Índice de Qualidade Educacional).

Em fevereiro de 2003, período referente à última divisão desse benefício entre os profissonais da Educação, o valor repassado a cada profissional foi de apenas R$ 100,00 equivalente ao ano anterior (2002). Daí para cá são só expectativas.

É possível que os profissionais da Educação de Icó estejam sendo lesados quanto às possibilidades de se benefiarem com esta verba adicional, conferida em Lei. O fato é que os últimos Gestores têm elevados discursos de avaços nos índices educacionais de Icó para todos os munícipes afim de que os mesmos saibam através dos próprios que o muncípio está crescendo. Nesse pensamento, ao crescer, o mucicípio arrecada mais verbas gerando, portanto, um aumento considerável no seu ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e prestação de Serviços). Assim, o percentual (18%) calculado para a obtenção do IQE altera também o resultado final gerando um superávit nas receitas.

Se o IQE correspnde aos benefícios a profissionais da educação e se o município realmente se desenvolveu positivamente, o rateio de 2011 está batendo à porta dos professores neste fim de ano.

Aguardamo-lo ansiosamente.

Deixo um pensamento próprio...

"Se ainda hoje são idenizadas famílias (a altos custos) pelas atrocidades sofridas na Ditadura Militar, nós, professores, certamente seremos ressarcidos dos benefícios do Rateio do FUNDEB desses últimos 8 anos".

Será que não há alguém da "LEI" em Icó que saiba desses problemas na Educação e que possa tomar alguma providência por nós?

ICÓ PAGARÁ RATEIO DA EDUCAÇÃO EM 2011 !?


Publicada Portaria 1.459 - Valor Aluno FUNDEB 2011


As estimativas de receita e os coeficientes de distribuição dos recursos do FUNDEB para 2011 já estão disponíveis para consulta. Os dados foram publicadas no Diário Oficial da União dia 31 de dezembro de 2010.

Dos recursos previstos para 2011, 8,7 bilhões se referem à Complementação da União ao Fundo, que este ano contempla os mesmos noves Estados que receberam o apoio Federal em 2010: Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí. Também a previsão do valor mínimo nacional aluno/ano no FUNDEB teve aumento, e passou de R$ 1.414,85 para R$ 1.722,05.

Importante salientar a necessidade dos gestores municipais acessarem as informações do FUNDEB para organizarem o planejamento orçamentário da área da Educação. No entanto, é fundamental saber que os valores do FUNDEB são estimativas que podem sofrer alterações em conseqüência das variações da arrecadação da receita no decorrer do ano, por este motivo é indispensável o acompanhamento dos repasses mensais e, caso necessário, sejam promovidas adequações no orçamento.

Fonte: Blog dos Consultores



INFORMAÇÃO DO IPECE SOBRE O COEFICIENTE DE RATEIO DO ICMS 2011

GOVERNO DO
ESTADO DO CEARÁ
Secretaria do Planejamento e Gestão
Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará - IPECE
Ed. SEPLAG- 2º Andar - CAMBEBA - Tel: (85) 3101 3520 - Fax: (85) 3101 3513
OFÍCIO IPECE N.° 486/2011 Fortaleza, 07 de Novembro de 2011

Prezado Senhor Coordenador,

Cumprimentando-a cordialmente, encaminhamos planilha contendo os coeficientes de rateio da cota dos municípios no ICMS recalculados após revisão dos dados repassados pela Secretaria da Educação do Estado do Ceará (Seduc). Tais coeficientes são referentes aos percentuais dos incisos II, III e IV do artigo 1º da Lei nº 14.023/2007.
Colocamo-nos disponíveis a quaisquer esclarecimentos.
Atenciosamente,
Flávio Ataliba Flexa Daltro Barreto
Diretora Geral

Dentre todos os municípios Icó é citado apresentando IQE (Índice de Qualidadade Educacional) em 0,071257. Os coeficientes de cada município são obtidos a partir da multiplicação de seu IQE 18% em relação ao seu ICMS.

Fonte: Ipece.

05 dezembro, 2011

Prefeito Visita Região do Cascudo e PROMETE:


O PREFEITO DE ICÓ REALIZOU PALESTRA ASSINANDO ORDEM DE SERVIÇO DE CONSTRUÇÃO DE UM NOVO POSTO DE SAÚDE PARA O CASCUDO E REGIÃO

NO DIA 25 DE NOVEMBRO, em reunião com alguns correligionários no Cascudo, o Exmo. Sr. Prefeito de Icó falou sobre as melhorias que estava trazendo para o município, bem como, reformas em todas escolas da região, construção de "ponte" entre Cascudo e Mulungu, na verdade, não será a construção, mas apenas uma PEQUENA reforma na passagem molhada construída no último mandato de prefeito de seu irmão Neto Nunes, hoje Deputado Estadual, mas que mesmo concluída, sequer passou uma bicicleta sobre a mesma.
Todas as obras anunciadas pelo atual prefeito, traria para a região serca de pelo menos 10 anos de desenvolvimento. Resta-nos aguardar.
Porém, os anúncios de MICROFONE ao Público, não foram divulgados no DOE (Diário Oficial do Estado), fato que nos preocupa a forma da aplicabilidade das verbas.

Vide Obras Anunciadas no DOE, segundo o Site Icó é Notícia:

REFORMAS E AMPLIAÇÕES DE ESCOLAS - A Prefeitura Municipal de Icó [PMI] divulgou, no Diário Oficial do Estado [DOE] de 29 de novembro de 2011, o Extrato de Contrato [Tomada de Preços nº 22.09.01/2011], cuja contratante é a Secretaria da Educação e as obras dizem respeito a obras de melhorias de escolas icoenses.

REFORMAS E AMPLIAÇÕES DE ESCOLAS - As ações se destinam aos grupos escolares: Creche Vila Pedregal - Bairro Vila Pedregal, Sede [reforma e ampliação], Ensino Fundamental Antônio Cirilo Batista - Sítio Alto da Várzea, Zona Rural [ampliação], Escola de Ensino Fundamental João Chagas Mota - Sítio Jenipapeiro, Zona Rural [reforma] e Creche Brincando e Aprendendo - Gama, Zona Rural [ampliação].

04 dezembro, 2011

CORINTHIANS AJOELHA E AGRADECE AO MENGÃO

TÍTULO DO CORINTHIANS É CONQUISTADO PELO FLAMENGO!!!!
O CORINTHIANS TEM TODOS OS MOTIVOS PARA AGRADECE DE JOELHOS AO FLAMENGO O TÍTULO DE 2011. ALÉM DISSO, TEVE ADRIANO QUE MARCOU O GOL DA ANTEPENÚLTIMA RODADA. ADRIANO REVELADO PELO FLAMENGO.
DALI MENGÃOOOO!!!!!!

O TÍTULO DE 2011 TEM CORES RUBRO-NEGRAS!!!


FLAMENGO DÁ TÍTULO AO CORINTHIANS EM 2011!!!!
MESMO COM SÉRIAS DIFICULDADES ENFRENTADAS NO SEGUNDO TURNO DO CAMPEONATO BRASILEIRO DE 2011 O FLAMENGO BENEFICIA O CORINTHIANS AO EMPATAR COM O VASCO E CONQUISTA A VAGA PARA A LIBERTADORES DE 2012.
DALI MENGÃO!!! 

Marre o Homen que "Nada Sabia"

"Só sei que nada sei!"

Sócrates foi um dos maiores filósofos de todos os tempos, nasceu por volta do ano 470 a.C. e morreu em 399 a.C. quando teve que tomar a cicuta (uma espécie de veneno) para se matar, pois foi condenado pela democracia ateniense sob a acusação de perverter os jovens e introduzir novos deuses. Teve como discípulos, entre outros, Xenofonte e Platão. Sócrates ficou conhecido e foi muito divulgado por seus discípulos principalmente por Platão que escreveu vários livros em diálogos, muitos deles, e especialmente na sua fase inicial, têm Sócrates como um dos principais interlocutores e também por isso são chamados de diálogos socráticos.

Sócrates pregava um sistema moral absolutamente alheio às doutrinas religiosas de então e admitia a aristocracia, governo dos melhores, como a forma desejável de administração do estado, isso, entre outras coisas, fez com que se indispusesse com as autoridades conservadoras, o que lhe custou a vida. Fonte: Planeta News.

O brasileiro que o homenageava teve uma carreira muito parecida. Dr. Sócrates, como era conhecido no Brasil, teve uma vida cheia de altos e baixos: uso de álcool e tabaco pode ter sido a cicuta que o nosso exemplar humanístico utilizou para o resultado final de seus dias na Terra.

Homem de fibra e preocupado com o bem-estar social esteve presente nas lutas pela democracia e política das eleições diretas.

Nossa homenagem e reconhecimento pelo apoio. Os bons são os que morrem ou vão embora. Prove que você faz a diferença em vida, principalmente, na política brasileira.

01 dezembro, 2011

1000 VISUALIZAÇÕES

ÀS 12h12min CHEGAMOS À MARCA DE MIL VISITAS EM NOSSO BLOG.
MESMO SENDO UM BLOG EDUCACIONAL, CONSEGUIMOS EM MENOS DE NOVE MESES ALCANÇAR ESTA MARCA.

Concordas que Paixão de Adolescente é Assim?


Paixão de um Adolescente

Um dia nasci
Disseram: é homem!
O tempo passou
Comecei a engatinhar
Meninas me pegavam,
Me afagavam
A ponto de me matar.

E o tempo, ah o tempo
Passou mais um pouco
E, meninas e moças
Aproveitavam-se de minha inocência,
De minha infância
Com elas sempre tive paciência
E aceitava suas ignorâncias.

Ma apertavam, me beijavam
Sempre usando da força
Me punham em seus braços
Mulheres, meninas e moça
Só me largavam os pedaços
Por me pegarem a força.

Pois é, o tempo,
Ah tempo, como antes era bom
Sinto saudades, agora é melhor.
Uso meus bolsos cheios de bombons
Acho que sou homem de uma palavra só.

Agora, nem moça, nem menina
Estou preso à uma só
Se não é o tempo que ensina
Onde se aprende melhor?

Hoje vivo assim:
Iludido, desiludido, pelos cantos a pensar
Nem menina, nem moça pra mim
Uma só me faz calar.

Se é tristeza, não sei
Sofrimento, dor, o que é
Por muito tempo passei
Com menina, moça e mulher.

Falo do coração que não sabe onde está
Se não me alegra também não me anima
Ô coisa boa é ficar
Nos braços dessa menina.

Me vejo perdido no tempo
Aonde vou eu não sei
Se fico, se paro ou lamento
Me digam, o que farei?

Meu tempo de criança passou
Sou ficante enamorado
O coração se apegou
Acho que estou apaixonado.

Prof. Santos.

29 novembro, 2011

Câmara Legislativa

A Câmara de Legislação icoense aprovou projeto lei que autoriza ao município contrar profissionais para as diversas áreas de necessidade. Só para a Educação foram mais de 400 vagas, incluídos os profissionais para lecionar as mais diversas disciplinas nas escolas municipais. Ressalte-se que vale a indicação de um edil. O que compromete a qualidade da educação de nosso município. Nada contra os profissionais, mas vejo uma irresponsabilidade tremenda desses homens políticos sem qualquer preocupação com a formação consciente do povo icoense. A indicação é a garatia do "futuro" na vida política. Sem comentários.

O Projeto de Lei sancionado visava 6 meses de contratação e os devidos benefícios pecuniários aos contratados, referentes ao período estipulado na lei aprovada. Enganem-se. De certo o Fundeb repassa a verba referente à lei sancionada para que os profissionais contratados para a área educacional possam gosar de suas regalias e perceberem o que lhes é de direito. Contudo, os contratos se encerram em 30 de novembro, certamente às escondidas, porém, todos foram "convidados" a trabalhar pelo menos duas semanas em dezembro VO LUN TA RIA MEN TE. As justificativas dadas aos injustiçados são as de que, com isso, possam garantir A VAGA no próximo ano.

Quanto aos 6 meses, os funcionários trabalham 4 (agosto, setembro, outubro e novembro), têm seus nomes registrados, o FUNDEB reapassa a verba refrente a um semestre, supostamente, e o município paga apenas 4 meses e ainda os "obriga" a trabalhar 15 dias de forma voluntária para o muncípio.

Obs.: a direção das escolas está incumbida de informar os nomes dos que não assumirem os postos VOLUNTÁRIOS. "Qual será a intenção?"

APENAS 196 DIAS

Calendário Letivo de 2011 da Secretaria Municipal de Educação de Icó não cumpre LDB e registra 196 dias letivos, mas determina que alunos têm de frequentar aulas até 21 de dezembro, incluindo três de aulas de recuperação. A própria Lei assume o descumprimento dos 200 dias, mas em casos de situações extrema como o de uma epidemia, por exemplo. Ao que se sabe, o município não enfrentou situações comprometedoras.

Segundo a LDB, os exames de fim de ano não são computados como dias letivos.

Art. 24. A educação básica, nos níveis fundamental e médio, será organizada de acordo com as seguintes regras comuns:

I - a carga horária mínima anual será de oitocentas horas, distribuídas por um mínimo de duzentos dias de efetivo trabalho escolar, excluído o tempo reservado aos exames finais, quando houver;

O que define um dia Letivo?

Um dia letivo é aquele programado para aula, não importa a quantidade de alunos presentes. Ainda que haja um número reduzido de estudantes, ou apenas um, em sala de aula, o professor deve dar o conteúdo previsto e as pessoas ausentes levam falta. "A turma presente tem direito à atividade agendada", afirma Maria Eveline, coordenadora geral de Ensino Médio da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação e Cultura (MEC).

Pela Lei de Diretrizes e Bases (LDB), que regulamenta a Educação no Brasil, as escolas devem cumprir pelo menos 200 dias letivos anuais, distribuídos em dois semestres. Totalizando, no mínimo, 800 horas, ou seja, 48.000 minutos (800 horas x 60 minutos). Escolas que consideram nessa conta a hora-aula, que normalmente é de 45 minutos, descumprem a lei. Os pais precisam, portanto, ficar atentos para garantir o direito dos filhos.

Nos 48.000 minutos não estão inclusos os exames de final de ano, intervalos e nem os recreios, que são contabilizados à parte. Reuniões de planejamento e outras atividades dos professores sem a presença dos alunos também não fazem parte dos 200 dias letivos.

Se por algum motivo não houver aula, a escola precisa repor o período suspenso pelo menos até atingir os 200 dias mínimos estabelecidos por lei. "Em casos emergenciais, a obrigatoriedade dos 200 dias pode ser anulada, caso a Secretaria Estadual de Educação assim determine", afirma Luiz Gonzaga Pinto, presidente do Sindicato de Especialistas de Educação do Magistério Oficial do Estado de São Paulo.

Luiz explica que isso pode acontecer porque a LDB prevê adaptações do calendário escolar de acordo com peculiaridades locais ou até climáticas. Ou seja, em caso de catástrofes naturais ou epidemias infectocontagiosas como a de gripe A (conhecida como gripe suína), os 200 dias podem não ser cumpridos.
Por causa dessa flexibilidade na lei, o Conselho Estadual de Educação de São Paulo publicou um despacho no Diário Oficial, no dia 8 de agosto, passando às escolas públicas e privadas a decisão de repor ou não as aulas adiadas por causa da epidemia de gripe A. No entanto, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, à qual o Conselho é vinculado, revogou a resolução e determinou que todas as escolas adequem seu calendário para cumprir a LDB. "As aulas podem ser repostas em períodos livres do dia, aos sábados ou mesmo encurtar as próximas férias", explica Luiz Gonzaga Pinto.

O importante, segundo Maria Eveline, é que a escola dê conta de ensinar todo o conteúdo programado aos alunos nesses 200 dias. "A instituição deve cumprir seu planejamento. Os pais e alunos, assim como as entidades que os representam, têm o direito de acompanhar e de serem informados sobre a forma como a escola fará as reposições".

A mesma regra vale, em tese, para a Educação Infantil, já que também tem programa de conteúdo mínimo a cumprir. "Ela é considerada a primeira etapa da Educação Básica, portanto tem de se pautar pelas mesmas orientações que os demais níveis", afirma Luiz Gonzaga. Como, porém, a educação só é obrigatória a partir dos seis anos de idade, a decisão de repor aula para as crianças abaixo dessa faixa etária cabe à escola em conjunto com os pais.

Fontes: 
LDB atualizada
Revista Nova Escola - Edição de agosto de 2009